• Instagram

Psicoterapia em Pinheiros, Palestras e eventos escolares  e Oficinas de desenvolvimento familiar

©2020 por Honestidade Emocional ME

CNPJ 29.053.619/0001-46

Al. Gregório Bogossian Sobrinho, 60

honestidadeemocional@gmail.com

(11) 93050-4642

Política de reembolso:

Aceitaremos o pedido de reembolso somente com aviso prévio de cancelamentos no limite máximo de 24hrs de antecedência do evento/encontro/sessão. Aos pagamentos realizados no cartão de crédito, a disponibilização do valor ocorrerá de acordo com as regras da administradora do cartão ou do banco do cliente;

Conheça a origem das toxinas dos relacionamentos.

"Você pode saber o que disse, mas nunca o que o outro escutou." - Jacques Lacan


No nosso dia a dia, nos deparamos com interferências naturais que podem alterar a forma como nos conectamos com o mundo, com os outros e com nós mesmos. O perigo está no momento em que deixamos de nos preocupar com essa conexão: quanto mais nos desconectamos, maior a chance de agirmos de forma inconsciente, podendo machucar os outros e a nós mesmos.


Os relacionamentos tóxicos não nascem de um dia pro outro e, por incrível que pareça, a "pessoa tóxica" nem sempre consegue perceber como suas ações reverberam de forma negativa em sua vida e na dos outros. Isso só acontece quando as toxinas dos relacionamentos já dominaram sua consciência e, nesse texto, quero explicar como tudo isso acontece.



gif


Antes de começar, precisamos entender que nós, seres humanos, temos três necessidades emocionais básicas dentro de nós:

  • Construir identidade;

  • Se sentir amado;

  • Se sentir útil / pertencente.


Essas três condições possibilitam o nosso desenvolvimento criativo e único no mundo, pois somos constantemente transformados e agentes de transformação dentro dos nossos contextos.


No entanto, já durante a nossa infância, sentimos que precisamos de adaptações e mudanças para sermos amados, úteis e pertencentes pelas pessoas que amamos. Então, vamos construindo a nossa identidade com uma certa barreira, modificando nossos comportamentos e construindo a nossa própria visão de mundo.


Aos longo da vida, quanto mais nos conhecemos internamente, mais tomamos coragem para nos definir com identidade: o que achamos certo e errado, o que podemos ou não podemos aceitar, ser, gostar ou fazer. Criamos valores, propósitos e objetivos, mas também criamos filtros, crenças e julgamentos.


Como tudo na vida, isso não é 100% bom ou 100% ruim, convivemos com contrastes e contradições, essa é a realidade. Nesse equilíbrio, descobrimos nossas potências e limitações, nos desafiando a crescer conforme o os desafios da vida. Então, o que precisamos tomar consciência é que onde há luz, há sombra também,


gif

Quer dizer que nossas sombras são as nossas toxinas dos relacionamentos?

Não! Nossas toxinas surgem pra nos fazer negar nossas sombras. É como se fosse um sistema de defesa interna tentando eliminar a parte que não gostamos de nós. O único problema disso é que não dá pra eliminar a sombra se ainda há luz e não dá pra ter luz sem sombra. Doidera, né? kkk


É assim que as toxinas entram no jogo:


Elas aproveitam a existência de vários jogos de luzes e sombras que existem em nós, nos outros e no mundo pra camuflarem nossas vulnerabilidades internas.


Nessa série, eu listei 6 toxinas que surgem nos nossos relacionamentos:

  • Poder

  • Orgulho

  • Julgamentos

  • Inseguranças

  • Expectativas

  • Ansiedade

Para cada uma, exploro seus lados potentes e seus lados tóxicos. Além disso, me aprofundo em suas raízes e dou dicas de como se conscientizar para não permitir que elas dominem seus relacionamentos.


E aí? Bora tomar um detox?