• Instagram

Psicoterapia em Pinheiros, Palestras e eventos escolares  e Oficinas de desenvolvimento familiar

©2020 por Honestidade Emocional ME

CNPJ 29.053.619/0001-46

Al. Gregório Bogossian Sobrinho, 60

honestidadeemocional@gmail.com

(11) 93050-4642

Política de reembolso:

Aceitaremos o pedido de reembolso somente com aviso prévio de cancelamentos no limite máximo de 24hrs de antecedência do evento/encontro/sessão. Aos pagamentos realizados no cartão de crédito, a disponibilização do valor ocorrerá de acordo com as regras da administradora do cartão ou do banco do cliente;

Pausas.

Ei, como foi seu dia? Você fez alguma pausa pra você mesmo(a)?


Muitas vezes deixamos de lado o nosso autocuidado para seguir com as tarefas diárias, então quero te dar uma dica bem simples e fácil pra inseri-lo no dia a dia.


Você perceberá uma grande mudança no seu bem estar se fizer isso várias vezes ao dia.


Antes de te explicar, quero que você se desconecte por 1 minuto nas coisas que estão acontecendo lá fora, desde seus pensamentos paralelos que aparecem enquanto você lê isso daqui até os ruídos externos.


Pra te ajudar, leia o texto a seguir "em voz alta" com a sua sua voz interna. Escute a sua voz em pensamento e a sua respiração.

Agora sim! A partir daqui você lerá tudo dessa forma, ok?



Enquanto você lê tudo em voz alta, quero que você respire fundo. Sinta o seu tórax subiiiiir e depois descer calmamente.


Sinta seus ombros caindo, maxilar soltando, a sua língua relaxando.


Descansa a sua testa, sua nuca, suas costas.


Sente seu corpo relaxando, ouve tua respiração e confia na gravidade.


Sente o ar saindo e entrando pelo seu nariz, parece que passa entre o nariz e a boca, é gostosinho, né???


Sente que sua cabeça não precisa ficar tensa pra se sustentar sozinha, nem seu tronco, nem seus pés. A gravidade te proporciona equilíbrio.


Talvez te dê alguma sensação boa, de gratidão pela vida, sente isso. Sente a vida, ela é passageira.

Talvez te dê algum desconforto físico, sente também, ele é passageiro também.


E agora? Como você está?


Ultimamente estamos expostos a tantos ruídos que não nos sentimos mais confortáveis com o nosso silêncio. Muitas vezes, isso condiciona a nossa mente a não parar de falar, não prestar atenção na forma como estamos mentalmente e fisicamente.


Tensos, automáticos, meio 'desligados' com a vida, ausentes, fora de nós.


Geralmente começa assim: enquanto você está em silêncio, você não escuta a sua respiração ou o seu corpo, mas você escuta os seus pensamentos dando voltas e voltas, te levando pra bem longe de você mesmo(a).


Tá tudo bem, isso é tão normal. O que é importante é se lembrar de que isso acontece e pode nos levar pra sentimentos que não fazem muito sentido com a realidade.


A parte boa é que é bem fácil de se reconectar com o que está acontecendo.


O primeiro passo para a auto consciência é estar presente consigo mesmo.


Dê valor à sua respiração.